Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

NOTÍCIAS DE ARQUEOLOGIA

O Património é um bem comum... Preservá-lo só depende de cada um de nós...


Segunda-feira, 18.05.09

Dia dos Museus

Exposições, concertos, teatro, filmes, gastronomia e visitas a espaços menos conhecidos no interior dos museus e palácios são algumas das propostas entre 548 actividades da programação oficial do Dia Internacional dos Museus, a 18 de Maio.



A efeméride acontece este ano numa segunda-feira, mas as celebrações começam mais cedo, a partir de 16 de Maio, sábado, devido ao evento com iniciativas pela noite dentro originalmente criado na França, intitulado «Noite dos Museus», cuja adesão tem crescido nos últimos anos em Portugal.


Uma extensa programação para o Dia Internacional dos Museus foi organizada pelo Instituto dos Museus e da Conservação (IMC), este ano subordinado ao tema «Museus e Turismo», sugerido pelo ICOM - Conselho Internacional de Museus.


Com este tema, o ICOM pretende lançar o debate sobre a articulação do turismo com os museus, procurando responder a questões como qual a relação entre estas duas áreas, ou que benefícios pode trazer o turismo para as sociedades e para os museus que divulgam a sua identidade cultural.


Aderiram às celebrações oficiais, com entradas gratuitas, cerca de 70 museus de norte a sul do país tutelados pelo IMC e também da Rede Portuguesa de Museus (RPM), mas outros museus municipais e privados também vão assinalar a data.


Em Lisboa, no âmbito do programa do IMC para a «Noite dos Museus», o Museu da Água organiza a 16 de Maio, no Aqueduto das Águas Livres, com início às 20:00, uma visita-guiada. Às 21:30, realiza uma animação histórica para recriar um serão na Corte de D. João V, na Estação Elevatória a Vapor dos Barbadinhos.


O Museu da Fundação Calouste Gulbenkian faz dia 17 de Maio uma visita orientada sob o título «O que é um Museu», seguida de oficina criativa, enquanto o Museu de Arte Contemporânea do Chiado organiza, a partir das 11h de 18 de Maio, uma «Maratona de Visitas guiadas» às exposições «As Cores da Vanguarda. Arte Na Roménia 1910-1950» e «A Arte Moderna em Portugal 1910-1950».


Ainda em Lisboa, o Museu das Comunicações inaugura dia 18, às 14h30, a exposição «Do museu ao bairro: histórias de viajantes», iniciativa seguida de uma visita guiada pelo bairro da Madragoa que visa uma aproximação do museu à comunidade onde está inserido.


No Museu da Música, no dia 16 de Maio, às 21:00, actua o Grupo Coral Masculino «Vozes de Casével», naquela que será a primeira apresentação neste espaço de um grupo tradicional de cante alentejano.


No mesmo dia, pelas 11h, no Museu Nacional de Arqueologia, abre a «Feira dos Saberes e dos Sabores», que inclui ainda o evento «Um Oleiro no Museu» Paulo Franco:«A Magia da Forma», enquanto a Região do Oeste Torres Vedras apresenta uma Mostra de Produtos Regionais.


O Museu Nacional de Arte Antiga organiza para famílias e crianças «O Mistério dos Livros desaparecidos - À descoberta dos animais escondidos», com diversos itinerários pelos espaços do museu, e às 22h15 apresenta um espectáculo de capoeira pelo grupo «VidArte».


No dia 18 de Maio, o Museu dos Coches realiza em duas sessões, de manhã e à tarde, o tradicional «Passeio Real em Belém» em charrete, com o público a poder passear, como faziam príncipes e princesas, entre o Museu Nacional dos Coches, o Palácio de Belém e outros monumentos desta zona histórica.


O Palácio Nacional de Sintra irá abrir nessa data, excepcionalmente, espaços da Ala Manuelina para serem visitados e guiados com comentários do serviço educativo sobre «D. Manuel I e o Paço de Sintra».


Na zona norte, no Porto, o Museu de Arte Contemporânea de Serralves dedica várias actividades no Dia Internacional dos Museus ao público escolar, com várias oficinas para as crianças, entre elas «Alerta Espantalho» - para descobrirem quem come as sementes da horta e pica os frutos das árvores - e «Que Som é este?» - para construir instrumentos musicais - e ainda «Animais à Solta», para observar animais na quinta de Serralves.


No Algarve, no Museu Municipal de Faro, haverá «Jogos de Descoberta» para o público em geral.


A programação completa do IMC com as actividades previstas para os dias 16, 17 e 18 de Maio pode ser consultada em www.imc-ip.pt.


Fonte: (18 Mai 2009). Lusa/SOL: http://sol.sapo.pt/PaginaInicial/Cultura/Interior.aspx?content_id=134732


Autoria e outros dados (tags, etc)

por noticiasdearqueologia às 10:23

Sábado, 17.05.08

Dia Internacional dos Museus: efeméride marcada pela falta de apoio financeiro


 


O director do Instituto dos Museus e da Conservação (IMC), Manuel Bairrão Oleiro, organismo que tutela os palácios e museus nacionais, considera que estas entidades "devem ser cada vez mais instrumentos de mudança" e "agentes de desenvolvimento económico" do país.

Em declarações, a propósito do Dia Internacional dos Museus, que se comemora domingo,18 de Maio, o mesmo responsável defendeu que as instituições museológicas "devem ter estratégias que as identifiquem como agentes de desenvolvimento económico, nomeadamente associadas ao turismo e às novas tecnologias".

A efeméride é festejada num ano particularmente difícil para os 27 museus nacionais e cinco palácios tutelados pelo IMC devido às dificuldades financeiras que atravessam e fizeram os directores destas entidades voltar a dirigir-se à tutela (Ministério da Cultura), tal como no ano passado, numa carta alertando para uma ruptura iminente.

Apesar dos constrangimentos financeiros, o director do IMC indicou que foi destacada do orçamento dos museus uma verba para o programa de comemorações nestas entidades, que ascende a 105 mil euros, complementada "por outros apoios conseguidos pelos próprios museus", nomeadamente através de parcerias com outras entidades e artistas que actuarão para os visitantes.

A concretização "de uma vasta programação de entrada gratuita para o público deve-se em grande medida ao esforço e dedicação dos directores dos museus e dos funcionários", salientou o director do IMC. As dificuldades financeiras no sector levaram a "uma gestão muito criteriosa dos meios disponíveis, e alguns dos museus têm a programação atrasada ou adiada, mas mesmo assim tem sido possível apresentar algumas exposições importantes, nomeadamente no Museu Nacional dos Coches e no Museu Nacional de Arqueologia".

Outro dos problemas que os museus nacionais têm enfrentado é o da falta de pessoal, sobretudo na área da vigilância, que tem levado ao encerramento de salas por motivos de segurança em museus bastante visitados, como o Museu Nacional de Arte Antiga e o Museu Nacional do Azulejo. Questionado sobre a aproximação da época do Verão, o mais problemático para os museus neste aspecto devido ao aumento de visitantes e paralelo período de férias dos funcionários, o responsável assinalou que o IMC obteve autorização da Secretaria de Estado da Administração Pública para prolongar contratos "por mais quatro meses" (até Setembro).



Museu dos Coches foi o mais procurado

O número de visitantes nos museus nacionais aumentou cerca de oito por cento no primeiro trimestre deste ano, comparativamente ao mesmo período de 2007, e os palácios nacionais que passaram para a tutela do IMC nesse ano registaram uma subida de sete por cento.De acordo com as estatísticas do instituto, o museu nacional mais procurado continua a ser o Museu dos Coches, com 45 mil visitantes, seguindo-se o Museu de Arqueologia, com 26 mil e o Museu do Teatro, com 24 mil visitantes.Dos cinco palácios dependentes do IMC, o Palácio Nacional de Sintra é o mais procurado, com 65 mil visitantes no primeiro trimestre, seguindo-se o Palácio Nacional de Queluz, com 32 mil, e o Palácio Nacional de Mafra, com 27 mil. Para Manuel Bairrão Oleiro, este aumento "significa que os visitantes nacionais estão a ganhar hábitos de maior fruição cultural" e, por outro lado, "há uma maior visibilidade dos museus nos meios de comunicação social".

A programação para a Noite dos Museus, de sábado para domingo, e para o Dia Internacional dos Museus, envolve concertos, teatro, ateliers, cinema, visitas guiadas e outras actividades que também decorrem em cerca de meia centena de museus da Rede Portuguesa de Museus dispersos pelo país.


Fonte: (16 Mai 2008). Público: http://ultimahora.publico.clix.pt/noticia.aspx?id=1328972&canal=14

Autoria e outros dados (tags, etc)

por noticiasdearqueologia às 23:11


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Setembro 2016

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930





Arqueo logos