Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

NOTÍCIAS DE ARQUEOLOGIA

O Património é um bem comum... Preservá-lo só depende de cada um de nós...


Quarta-feira, 30.03.11

Escavações revelam vestígios desde a fundação de Braga


 

A reconstrução de um edifício no centro de Braga, na confluência da Rua D. Afonso Henriques com a Rua de Santo António das Travessas, para instalação de uma unidade hoteleira, permitiu encontrar e estudar um abundante espólio arqueológico e arquitectónico, que vai desde a fundação da cidade – no tempo do imperador Augusto – até à actualidade. O estudo patrimonial foi realizado pela Unidade de Arqueologia da Universidade do Minho, sendo considerado «um caso exemplar de boa relação» entre as condicionantes arqueológicas e a reconstrução de edifícios no centro histórico, de forma que «os vestígios mais significativos vão ser integrados no futuro hotel».

Fonte: carlos Lima (28 Mar 2011). Diário do Minho: http://www.diariodominho.pt/conteudo/42547/Escava%C3%A7%C3%B5es%20revelam%20vest%C3%ADgios%20desde%20a%20funda%C3%A7%C3%A3o%20de%20Braga

Autoria e outros dados (tags, etc)

por noticiasdearqueologia às 22:24

Sábado, 01.09.07

TEATRO ROMANO (Braga): Univ. do Minho quer escavação integral

 A presidente da Unidade de Arqueologia da Universidade do Minho pediu hoje "aos políticos" que permitam uma escavação integral do Teatro Romano da Cividade depois das escavações iniciais "superarem largamente as expectativas".


"Braga merece que se faça uma escavação integral do teatro seguida de um projecto de reconstituição e valorização", disse à Lusa Manuela Martins, responsável pela Unidade de Arqueologia da Universidade do Minho.



A decisão de avançar com as escavações é uma "decisão politica e não científica", defendeu a responsável pelas escavações realizadas, entre 2004 e 2007, nas ruínas descobertas "por acaso" em 1999 junto a um edifício termal também romano.


Manuela Martins apresentou, hoje, na câmara de Braga, o resultado da investigação realizada nos últimos anos e propôs a reconstituição do Teatro Romano para que possa voltar a ser utilizado para a realização de espectáculos.


"À semelhança do que vem acontecendo em quase todos os teatros descobertos da Antiguidade", disse.


O projecto não desagradou a Mesquita Machado, o autarca bracarense, que referiu estar à espera de mais "estudos científicos" antes de tomar qualquer decisão.


O socialista Mesquita Machado remeteu ainda a escavação integral do teatro bem como a valorização do espaço para a possibilidade de candidatar o projecto ao Quadro de Referência Estratégico Nacional (QREN), obtendo assim o financiamento necessário para as obras.


O teatro tem cerca de 80 metros de diâmetro e, de acordo com Manuela Martins, "a área que foi possível escavar e o considerável número de elementos arquitectónicos e decorativos identificados, possibilitaram a interpretação das diferentes partes orgânicas do teatro e a elaboração de uma primeira proposta de restituição arquitectónica do edifício".


Com a "descoberta" do Teatro Romano, Braga tornou-se, a par de Lisboa, na segunda cidade portuguesa a possuir um teatro dos finais do século III.


Localizado em terrenos incluídos em área protegida e pertencentes à autarquia bracarense, o antigo teatro, segundo Manuela Martins, "reflecte a importância de Bracara Augusta no contexto das cidades romanas peninsulares".


(29 Ago 2007). Lusa: http://noticias.sapo.pt/lusa/artigo/a8JWr5Xwj%2Fo%2FrS8rVBwH3Q.html


Mais info: http://www.diariodominho.pt/noticia.php?codigo=31151


                 http://sic.sapo.pt/online/noticias/pais/regional/EM+BRAGA.htm


Foto: Elisabete Jacinto


 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por noticiasdearqueologia às 23:29


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Setembro 2016

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930





Arqueo logos