Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

NOTÍCIAS DE ARQUEOLOGIA

O Património é um bem comum... Preservá-lo só depende de cada um de nós...



Domingo, 20.01.08

França luta contra fungos na Gruta de Lascaux




São cinco os cientistas que, a partir de amanhã, vão revezar-se de duas em duas horas no interior da gruta de Lascaux. Missão: aplicar, durante dois dias, o fungicida que deverá combater os pequenos cogumelos que começaram a aparecer nas paredes e ameaçam destruir algumas das pinturas do famoso santuário francês do Paleolítico Superior.
Segundo a imprensa local, a gruta será fechada no dia 11 e assim permanecerá durante três meses, aguardando-se que faça efeito este tratamento contra as manchas negras detectadas. Será ainda reparado, também por decisão do Ministério da Cultura de França, o sistema de circulação de ar - já considerado pelos arqueólogos como "desastroso" -, instalado em 2001 durante uma intervenção similar, contra manchas de fungos microscópicos brancos .
Anunciado em final de Dezembro, o tratamento para a invasão dos cogumelos ulocladium e gliomastix, em desenvolvimento sobre um substracto de bactérias, foi decidido pelas Ministério da Cultura após a denúncia feita pelo Comité Internacional para a Preservação de Lascaux.
Em Setembro de 2007, numa carta à Unesco, a presidente do comité, Laurence Léauté-Beasley, defendeu mesmo que a gestão daquele sítio classificado como Património da Humanidade deixasse de ser feita pelo governo gaulês e passasse para as mãos de cientistas especializados.
O facto de ser solicitada a inclusão de Lascaux na lista dos locais "em perigo" e de se criticar Paris por "incompetência" e "burocracia" enfureceu as autoridades francesas, que minimizam o problema. Mas são vários os arqueólogos, como o inglês Paul Bahn, que, junto da Unesco e na imprensa internacional, têm garantido que o problema está a piorar.
Uns culpam o aquecimento global, outros o excesso de visitas ao interior da gruta. Neste caso, de arqueólogos e historiadores, já que Lascaux, descoberta casualmente em 1940, se encontra encerrada ao público desde 1963 - foi construída uma réplica a 500 metros, essa, sim, visitada por anualmente por 250 mil pessoas.
Com 15 a 17 mil anos, as 600 pinturas de bisontes, veados e outros animais estavam a ser objecto de um inventário digital a três dimensões.

Fonte: LOBO, Paula (8 Jan 2008). Diário de Nootícias: http://dn.sapo.pt/2008/01/08/artes/franca_luta_contra_fungos_gruta_lasc.html

Autoria e outros dados (tags, etc)

por noticiasdearqueologia às 14:22



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Janeiro 2008

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031