Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

NOTÍCIAS DE ARQUEOLOGIA

O Património é um bem comum... Preservá-lo só depende de cada um de nós...



Quarta-feira, 30.05.07

Povoações Romanas

Lista alfabética de povoações romanas referidas nos itinerários, sua localização e limites territoriais na sequência Norte-Oeste-Este-Sul.

ABELTERIO, Mansio referida no Itinerário XIV de Antonino, talvez em Alter do Chão ou Alter Pedroso.
AD AQUAS / AQUAE FLAVIAE, Civitas, Chaves.
AD ATRUM FLUMEM, Mansio desconhecida referida no Itinerário XII de Antonino.
AD SEPTEM ARAS, Mansio referida no Itinerário XIV e XV de Antonino, ponto de confluência das vias, talvez em Sra. da Graça dos Degolados, Campo Maior.
AMMAIA, Civitas, Aramenha, Portalegre.
AQUABONA, Mansio referida no Itinerário XII de Antonino, talvez Coina-a-Velha em S. Lourenço, Azeitão.
AQUAE FLAVIAE / AD AQUAS, Civitas, Chaves.
ARANNIS, Mansio referida no Itinerário XXI de Antonino, talvez Garvão, Ourique ou Sta. Bárbara de Padrões, Castro Verde.
ARAVORUM, ver Civitas ARAVORUM.
ARITIO PRAETORIO, Mansio referida no Itinerário XIV de Antonino, talvez em Agua Branca, a poente de Ponte de Sor.
ARITIUM VETUS, Casal da Várzea?, Alvega, Abrantes (N-Rio Tejo O-Rib. da Foz em Constância E-Amieira).
ARUCCI, Mansio referida no Itinerário XXI de Antonino, talvez Moura. (ver nota 3).
BAESURIs/ESURI, Castro Marim.
BALSA, Civitas, Torre de Aires, Luz de Tavira (N-Serra do Caldeirão O-Rib. de Bias E-Rio Guadiana S-Atlântico).
BRACARA Augusta, Conventus, Braga.
BUDUA, Mansio referida no Itinerário XIV de Antonino, talvez já em terrotório espanhol.
CAECILIANA, Mansio referida no Itinerário XII de Antonino, talvez em Águas de Moura ou em Moinho Novo, margem direita da ria do Sado (ver nota 2).
CALADUNO, Mansio referida no Itinerário XVII de Antonino, talvez na região de Boticas (ver nota 1).
CALANTICA, Santana do Campo?, Arraiolos.
CALE/CALEM, Porto ou Gaia.
CAETOBRIGA, Civitas, Setúbal.
Civitas ARAVORUM, Marialva, Meda (E-Rio Côa); capital dos Aravi.
CIVITAS BANIENSIS, Mesquita, Povoado do Baldoeiro, a NW de Torre de Moncorvo.
Civitas COBELCORUM, Almofala?, Figueira de Castelo Rodrigo (N-Rio Douro O-Rio Côa E-Rio Águeda S-Serra da Marofa).
Civitas ZOELARUM, Castro de Avelas?, Bragança; eventual capital dos Zolae.
COLIPPO, Civitas, S. Sebastiao do Freixo, Leiria.
COMPLEUTICA, Mansio referida no Itinerário XVII de Antonino, talvez Castro de Avelãs ou Babe, Bragança.
CONÍMBRIGA, Civitas, Condeixa-a-Velha, Coimbra.
DIPONE, Mansio desconhecida referida no Itinerário XII de Antonino.
EBORA ou Liberatitas Iulia, Civitas, Évora.
EBUROBRITTIUM, Civitas, Gaeiras, Óbidos.
ESURI/BAESURIs, Castro Marim.
EVANDRIANA, Mansio desconhecida referida no Itinerário XII de Antonino.
FINES, Mansio desconhecida referida no Itinerário XXI de Antonino (ver nota 3).
FRAXINUM, Mansio referida no Itinerário XV de Antonino, talvez no Monte da Pedra, Crato.
IERABRIGA, talvez entre Paredes e Sete Pedras, Alenquer.
IGAEDITANIA ou a visigótica Egitânia, Idanha-a-Velha.
LACOBRIGA, na zona de Lagos.
LAMECUM, talvez o nome de Lamego, outra possível capital dos COILARNI
LANGOBRIGA, Civitas, na zona de Fiães, Santa Maria da Feira.
LIMIA, Mansio referida no Itinerário XIX de Antonino em Ponte de Lima.
LORIGA, talvez Loriga, Seia.
LONGOBRIGA, talvez Longroiva, Meda.
MALATECA, Mansio referida no Itinerário XII de Antonino, talvez na Marateca (ver nota 2).
MATUSARO, Mansio referida no Itinerário XIV de Antonino, talvez em Monforte ou Monte de Figueira, Arronches.
MIROBRIGA ou Merobrica, Santiago do Cacém.
MONTOBRIGA, Mansio referida no Itinerário XV de Antonino, talvez em Arronches.
MORON, Chões de Alpompé, Santarém.
MYRTILI ou MYRTILIS, Mértola.
OCCULIS CALIDARUM, Caldas de Vizela.
OLISIPO, OLISIPPONE, Felicitas Iulia, Ulysipo, Civitas- Lisboa.
OSSONOBA, Civitas, Faro (E-Rib. de Bias; O-Vale de Albufeira N-Serra do Caldeirão S-Atlântico).
OSTIUM FLUMINIS ANAE, Foz do rio Guadiana, Ayamonte ou Vila Real de St. António.
PACE IULIA ou Pax Julia, Conventus, Beja.
PINETUM, Mansio referida no Itinerário XVII de Antonino talvez entre Possacos, Valpaços e Vale de Telhas, Mirandela.
PLAGIARIA, Mansio referida no Itinerário XIV e XV de Antonino, talvez já em terrotório espanhol.
PORTUS HANIBALIS, na zona de Portimão.
PRAESIDIO, Mansio referida no Itinerário XVII de Antonino; talvez no Castro de Codeçoso ou na região de Botica. (ver nota 1).
REBORETUM, Mansio referida no Itinerário XVII de Antonino; talvez na Serra do Roboredo, Lamalonga, Macedo de Cavaleiros. (ver nota 1).
SALACIA, Civitas, Alcácer do Sal (ver nota 2).
SALACIA, Mansio referida no Itinerário XVII de Antonino a XX milhas de Braga; talvez na Serra da Cabreira, Vieira do Minho. (ver nota 1).
SALANIANA, Mansio referida no Itinerário XVIII de Antonino a XXI milhas de Braga, hoje Travassos, Vilar, Terras de Bouro.
SARAPIA, Santa Margarida do Sado? ou Peroguarda?, Ferreira do Alentejo.
SCALLABIN ou SCALLABIS, Conventus, Santarém ou Pombalinho em Vale de Figueira, Santarém.
SELLEUM ou SELLIUM, Civitas, Tomar (N-Ansião E-Rio Zêzere O- COLIPPO S-SCALLABIN).
SERPA, Mansio referida no Itinerário XXI de Antonino talvez a Serpa actual (ver nota 3).
TABUCCI, Mansio referida no Itinerário XV de Antonino talvez na zona do Tramagal, Abrantes.
TALÁBRIGA, Civitas, seria no recentemente escavado Cabeço do Vouga, Marnel, Lamas do Vouga, Águeda (N-Úl E-Atlântico O-Benfeitas S-Mealhada).
TONGOBRIGA, Civitas, com monumentos notáveis; na aldeia de Freixo em Marco de Canaveses. (E-Marão O-Tâmega S-Douro); mais -|.
VIPASCA, Minas Romanas Metallum Vipascensis, Aljustrel.

         Notas:



  • nota 1: Estas localizações alternativas referem-se às variantes Norte e Sul do Itinerário XVII de Antonino assumindo que a Mansio AD AQUAS aí referida corresponde a Chaves. A partir desta cidade, as localizações propostas assumem o itinerário corresponde à variante Sul, ou seja, pelo concelho de Valpaços.

  • nota 2: Devem existir erros nas distâncias entre estações referidas no Itinerário XII de Antonino, porque à luz do itinerário a Mansio SALACIA ficaria bem mais a sul da actual Alcácer. A mesma dúvida também se coloca nas estações de CAECILIANA e MALATECA.

  • nota 3: Há grandes dúvidas em considerar a Mansio SERPA do Itinerário XXI de Antonino com a Serpa actual já que a distância indicada a EBORA de 13 milhas não é aceitável e poderá ser um mais erro do itinerário. No entanto, na cidade não existem importantes vestígios romanos. Também se desconhecem as localizações das Mansiones seguintes FINES e ARUCCI, supondo-se que esta última possa corresponder a Moura.

  • Mais informações in: http://viasromanas.planetaclix.pt/vrinfo.html#antonino


 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por noticiasdearqueologia às 00:24


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Maio 2007

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031





Arqueo logos