Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

NOTÍCIAS DE ARQUEOLOGIA

O Património é um bem comum... Preservá-lo só depende de cada um de nós...



Terça-feira, 12.06.12

Exército chinês de terracota vê engrossar as suas fileiras

Exército chinês de terracota vê engrossar as suas fileiras




Os 110 guerreiros de terracota agora localizados vão juntar-se a milhares de figuras postas a descoberto nos últimos anos, junto ao túmulo do primeiro imperador da China.



A China anunciou na segunda-feira a descoberta de mais 110 guerreiros, pertencentes ao célebre exército de figuras de terracota, enterrado junto ao túmulo do imperador Qin Shihuang. Os arqueólogos chineses dizem que esta nova descoberta é uma das mais importantes, já que os vestígios se encontram bem conservados e mantém as pinturas originais. As escavações permitiram recuperar também algumas armas e elementos de carros de guerra do “exército de argila”.


“As escavações feitas no sítio arqueológico, de 200 metros quadrados, permitiram por a descoberto 110 personagens de terracota” declarou a France Press Shen Maosheng, diretor adjunto do departamento de arqueologia do museu que foi construído junto ao local na província de Xian, norte da China.
Segundo este responsável, ainda falta desenterrar dos 11 soldados de terracota, que têm a altura aproximada de um homem adulto.


O exército de terracota. Também chegado exército de argila, representa uma das descobertas arqueológicas mais importantes do século XX e tornou a localidade de Xian num dos destinos turísticos mais populares da China.                 
O exército, constituído por milhares de soldados em terracota e pelos seus cavalos foi descoberto acidentalmente em 1974 por camponeses que cavavam um poço, nas imediações do complexo funerário do primeiro imperador da china, Qin Shihuang .
Qin Shiuang (também conhecido por Qin Shihuangdi) ficou na história como o unificador do império da China e fundador da dinastia Qin, que governou o país entre 221 a 206 antes de cristo.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por noticiasdearqueologia às 22:49

Terça-feira, 12.06.12

IPT participa em projecto de arqueologia e arte rupestre em Angola

O Instituto Politécnico de Tomar encontra-se a coordenar uma campanha de cartografia arqueológia e documentação de arte rupestre no planalto do Ebo, na província de Kwanza-Sul, em Angola. Este projecto do Instituto Nacional do Património Cultural e do Museu Nacional de Arqueologia de Angola é fundado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia. Os trabalhos, onde se integra a investigadora do Instituto Terra Memória do IPT, Cristina Martins e outros arqueólogos angolanos, permitem ampliar os registos de abrigos pintados, identificar pela primeira vez gravuras e documentar diversas estruturas arqueológicas que caracterizam a região. As primeiras documentações desvendam a presença de pelo menos quatro horizontes de pinturas, associadas às comunidades de caçadores-recolectores. Participam ainda neste projecto a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), o Instituto de Investigação Científica Tropical e a Universidade de Paris (Panteão-Sobornne), destacando-se a participação dos alunos do mestrado em Arqueologia Pré-histórica e Arte Rupestre (IPT-UTAD). A primeira publicação do projecto será editada em Setembro.


Fonte: (12 Jun 2012); O Mirante: http://www.omirante.pt/noticia.asp?idEdicao=54&id=51815&idSeccao=420&Action=noticia

Autoria e outros dados (tags, etc)

por noticiasdearqueologia às 22:46


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Junho 2012

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930





Arqueo logos