Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

NOTÍCIAS DE ARQUEOLOGIA

O Património é um bem comum... Preservá-lo só depende de cada um de nós...



Terça-feira, 09.03.10

Arqueologia: Trabalhos de prospeção arqueológicos vão ser regulamentados, secretário de Estado.

O secretário de Estado da Cultura, Elísio Summavielle, afirmou hoje que até ao final do ano vão ser regulamentados os trabalhos de prospeção arqueológicos.

“O setor da arqueologia representa hoje um potencial enorme, apresentando um volume de negócios na ordem dos 35 milhões de euros, e será importante que até ao final do ano consigamos concluir o regulamento dos trabalhos de prospeção arqueológica e respetivos procedimentos”, afirmou Elísio Summavielle.

O secretário de Estado falava na sessão de encerramento do «Seminário Internacional de Direito ao Património como Direito Fundamental», que decorreu este fim de semana no Museu de Arte Pré Histórica de Mação.

O seminário internacional, integrado no programa das VI Jornadas de Arqueologia Ibero Americana, levou a Mação diversos juristas da Universidade de Lisboa e da Ordem dos Advogados do Brasil, além de diretores de museus, responsáveis de organismos estatais e professores universitários dos dois países.

O encontro internacional teve como objetivo 'promover uma discussão sobre futuras leis de património nos dois países, criando precisamente dinâmicas para as alterações de lei existentes', disse à agência Lusa Luiz Oosterbeek, diretor do Museu de Mação e coordenador do Seminário.

“Não há um potencial económico tão forte como o património e a economia do património, que também converge para o turismo cultural', afirmou o governante.

O secretário de Estado acrescentou que “o próprio QREN (Quadro de Referência Estratégico Nacional) está a ser revisto nalguns dos seus eixos porque a primeira regulamentação, ao nível de várias candidaturas (…) revelaram-se difíceis de concretizar, pelo excesso de regulamentarismo'.

No entanto, afirmou, 'o património é assumido pelo ministério da economia e pelo governo como uma área fundamental pelo que o eixo da cultura irá ser reforçado.'

Na ocasião, Saldanha Rocha, presidente da Câmara de Mação, anunciou que o Museu atingiu em 2009 o número de 15 mil visitantes (quando, em 2002, esse número registava os 500), adiantando que a autarquia se prepara para lançar todos os procedimentos concursais com vista a concretizar o Centro de Aprendizagem e Observação de Arte Pré Histórica de Mação, já aprovada e contratualizada no âmbito do QREN.


Fonte: (03 Mar 2010). Correio do Minho/LUSA: http://www.correiodominho.pt/noticias.php?id=24400

Autoria e outros dados (tags, etc)

por noticiasdearqueologia às 20:57

Terça-feira, 09.03.10

Beja: Escavações da Rua da Moeda deverão ser retomadas em breve


As escavações arqueológicas da Rua da Moeda, em Beja, deverão ser retomadas em breve. A garantia foi dada pela professora da Universidade de Coimbra Conceição Lopes, responsável pelas escavações.



 


As escavações arqueológicas da Rua da Moeda, em Beja, que colocaram a descoberto o templo romano da antiga Pax Julia e que foram consideradas como as mais importantes, registadas na cidade, referentes ao período Romano, deverão ser retomadas em breve. A garantia foi dada por Conceição Lopes, professora da Universidade de Coimbra responsável pelas escavações, que explicou à Voz da Planície que “os trabalhos deveriam ter sido retomados no passado dia 1 de Fevereiro” e que tal “não aconteceu devido às condições atmosféricas adversas”. Conceição Lopes assegurou também que tem vindo “regularmente a Beja, para acompanhar o estado daqueles achados arqueológicos” e que volta à cidade “na próxima sexta-feira”. A professora da Universidade de Coimbra avançou, igualmente, com a indicação dos trabalhos que vão ser desenvolvidos, referindo que “com a demolição prevista para o edifício que alojou a antiga gráfica do Diário do Alentejo, a zona de escavações vai ser ampliada”. Conceição Lopes frisou também que “o projecto «Arqueologia da cidade de Beja» é para continuar” e que tem “recebido garantias da autarquia bejense nesse sentido, ou seja, de que o actual Executivo camarário mantém o apoio à prossecução das escavações na Rua da Moeda”.



Fonte: Ana Elias de Freitas (07 Mar 2010).Rádio Voz da Planície: http://www.vozdaplanicie.pt/index.php?q=C/NEWSSHOW/36187

Autoria e outros dados (tags, etc)

por noticiasdearqueologia às 20:53


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Março 2010

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031





Arqueo logos