Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

NOTÍCIAS DE ARQUEOLOGIA

O Património é um bem comum... Preservá-lo só depende de cada um de nós...



Quinta-feira, 24.12.09

Fragmentos de túmulo egípcio regressam ao Cairo



Fragmentos de túmulo egípcio regressam ao Cairo






Os cinco fragmentos de decoração mural do túmulo do nobre egípcio Tetiky até há pouco no Museu do Louvre, e cuja devolução vinha sendo reclamada pelo Egipto, já se encontram no Museu do Cairo.


A "luz verde" para a devolução foi dada pelo presidente francês, Nicolas Sarkozy, durante a recente visita do seu homólogo egípcio, Hosni Mubarak, a Paris.


As autoridades egípcias estudam agora a possibilidade de transportar as peças, apesar dos danos que estas sofreram, para o seu lugar original, o túmulo TT 15 de Draa Abul-Naga (Luxor), de onde foram roubadas antes de as adquirir o museu francês.


Concretizada a devolução, o secretário-geral do Conselho Supremo de Antiguidades, Zahi Hawass, fez saber que a expedição do Louvre em Saqqara poderá agora retomar os trabalhos arqueológicos na zona.


A controvérsia gerada pelos cinco fragmentos remonta a 2008 quando, durante uma visita ao Museu do Louvre, peritos alemães lá viram as peças e chamaram a atenção para o facto.


Segundo o jornal egípcio Al Ahram, os fragmentos foram removidos do túmulo e subsequentemente comprados pelo Louvre entre 2000 e 2002. 


Fonte: (23 Dez 2009). DN Globo: http://dn.sapo.pt/inicio/ciencia/Interior.aspx?content_id=1454567



Autoria e outros dados (tags, etc)

por noticiasdearqueologia às 17:08

Quinta-feira, 24.12.09

Casa dos tempos de Cristo descoberta na cidade de Nazaré



Casa dos tempos de Cristo descoberta na cidade de Nazaré






Peritos estão convencidos de que Jesus conhecia a casa em questão. Esta tem dois quartos, um pátio interno e uma cisterna


Não é a casa onde Jesus Cristo viveu, mas podia ser. Pela primeira vez, arqueólogos encontraram uma residência da época romana em Nazaré, a cidade onde, segundo os Evangelhos, vivia a Virgem Maria. Modesta e pequena, a casa tem dois quartos, um pátio interior e uma cisterna onde guardavam a água da chuva. No local das escavações, foram ainda encontrados pedaços de cerâmica que datam do séc. I.


"Encontrámos fragmentos de giz típicos das casas judaicas", sublinhou a arqueóloga israelita Yardenna Alexandre. Bem junto à casa, a equipa envolvida nas buscas encontrou ainda um poço cuja entrada tinha sido dissimulada. Os arqueólogos estão convencidos que o poço foi aberto pelos judeus durante os preparativos para a Grande Revolta contra os Romanos, no ano de 67. Esta terminou com uma derrota e com a destruição do Templo de Jerusalém.


Segundo os especialistas, esta descoberta vem lançar alguma luz sobre a forma como as pessoas viviam há mais de dois mil anos. Um porta-voz da Autoridade das Antiguidades de Israel foi mesmo mais longe e afirmou à BBC ser provável que Jesus e os amigos conhecessem a casa agora encontrada. Terá sido no local onde agora foi descoberta a casa que a Virgem Maria recebeu a anunciação do arcanjo Gabriel. E terá sido em Nazaré que Jesus cresceu.


No século I, Nazaré não passaria de uma pequena aldeia, apesar de hoje a "capital árabe de Israel" ter 65 mil habitantes.


A casa foi descoberta quando os funcionários de uma empresa de construção civil estavam a escavar as fundações para um novo edifício. Este, um centro cristão, devia situar-se no local de um antigo convento. As escavações vão agora ser integradas num novo centro do grupo católico francês Chemin Neuf.


Fonte: H. T. (23 Dez 2009). DN Globo: http://dn.sapo.pt/inicio/globo/Interior.aspx?content_id=1454093&seccao=M%E9dio%20Oriente




 

Autoria e outros dados (tags, etc)

por noticiasdearqueologia às 17:03

Quinta-feira, 24.12.09

Governo disponível para valorizar sítio arqueológico da Santa Marta


 








O Ministério da Cultura está disponível para participar numa solução que valorize a estação arqueológica de Santa Marta das Cortiças, em Braga. A revelação foi feita pelo gabinete da ministra Maria Gabriela Canavilhas, que condicionou a sua intervenção a uma solicitação formal da Unidade de Arqueologia da Universidade do Minho e da Câmara Municipal de Braga.


Fonte: Texto, Joaquim Martins Fernandes (23 Dez 200). Diário do Minho: http://www.diariodominho.pt/noticia.php?codigo=36336


Autoria e outros dados (tags, etc)

por noticiasdearqueologia às 16:57


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Dezembro 2009

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031





Arqueo logos