Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]

NOTÍCIAS DE ARQUEOLOGIA

O Património é um bem comum... Preservá-lo só depende de cada um de nós...



Terça-feira, 11.09.07

Centro Interpretativo no Castro São Lourenço

A Câmara Municipal de Esposende vai iniciar a construção do Centro Interpretativo do Castro de S. Lourenço, em Vila Chã, num investimento estimado em 800 mil euros, anunciou hoje o município.
O gabinete da presidência da autarquia adiantou que o equipamento contempla um espaço de apoio aos turistas e visitantes e uma área de exposição de achados arqueológicos.


O equipamento será composto por dois edifícios, com dois pisos cada, sendo que o Centro Interpretativo disporá de recepção, sala de exposições, auditório com capacidade para 30 lugares, sala de investigação e espaço para arrumos.
O edifício de apoio turístico terá cafetaria, esplanada, instalações sanitárias públicas e áreas de serviço, nomeadamente bar, copa, cozinha, armazém e vestiário e instalações sanitárias para funcionários.



(11 Set 2007) Lusa:  http://noticias.sapo.pt/lusa/artigo/AeYJwSqbzlFQ7PWTARNdkg.html

Autoria e outros dados (tags, etc)

por noticiasdearqueologia às 22:23

Terça-feira, 11.09.07

Corpo de rainha viking exumado na Noruega

Arqueólogos exumaram o corpo de uma rainha viking para tentar descobrir se a mulher sepultada a seu lado há cerca de 1.200 anos foi sacrificada para ser uma espécie de dama de companhia de além-túmulo.

Corpo de rainha viking exumado na Noruega             Corpo de rainha viking exumado na Noruega







Uma hipótese menos macabra é de que as duas mulheres sepultadas num pequeno monte gramado Oseberg, sul da Noruega, sejam rainha e filha, mortas pela mesma doença por volta de 834.

«Vamos fazer exames de DNA para tentar descobrir. Não sei de nenhum esqueleto viking que tenha sido analisado como pretendemos», disse à Reuters Egil Mikkelsen, director do Museu de História Cultural de Oslo.


À chuva, quatro homens cavaram cerca de metro e meio e ergueram um caixão de alumínio que contém os ossos das duas mulheres, que originalmente estavam sepultadas num espectacular barco viking.




As mulheres e o barco de 22 metros, cuja proa curva feita de carvalho permanece intacta, foram descobertos em 1904 na colina de cinco metros de altura, cercada de milharais.

O achado foi uma das grandes sensações arqueológicas do século XX.


O chamado barco de Oseberg está actualmente num museu em Oslo, mas os ossos voltaram a ser enterrados em 1948. Cerca de 200 pessoas, inclusive estudantes, assistiram à exumação.


«Não sabemos quem são as mulheres», disse Mikkelsen, acrescentando que o ADN vai esclarecer se eram parentes.


«A análise de ADN pode provar se eram mãe e filha. Mas sempre achei que eram rainha e sua criada», acrescentou.


A criada pode ter sido sacrificada, talvez degolada, num ritual para acompanhar a rainha ao Valhalla, o paraíso dos vikings.


Num túmulo viking na Dinamarca, por exemplo, um idoso sepultado ao lado de um jovem tinha sido decapitado.


Uma nova análise química aos ossos também pode dizer o que as pessoas comiam.


Na época dos vikings, a carne de alce, por exemplo, era muito valorizada, enquanto que os pobres comiam peixe.


«Se elas eram mãe e filha, provavelmente comiam a mesma comida. Se uma das mulheres era uma criada, elas teriam dietas diferentes», disse Mikkelsen.


O caixão de alumínio será levado a Oslo e aberto para as análises, que deverão durar um ano.


(11 Set 2007). Reuters/SOL:


http://sol.sapo.pt/PaginaInicial/Cultura/Interior.aspx?content_id=54952

Autoria e outros dados (tags, etc)

por noticiasdearqueologia às 22:22

Terça-feira, 11.09.07

Descoberto túnel de escoamento de águas que serviu de abrigo aos judeus




A descoberta deixou entusiasmado o mundo da arqueologia. O Departamento de Antiguidades Israelita revelou que uma equipa de arqueólogos encontrou, em Jerusalém, um túnel de escoamento de águas, que servia de local de abrigo aos judeus, na época de Cristo.




O túnel tem 70 metros de extensão e conta com dois mil anos de história. Data da época de Cristo e terá servido de esconderijo aos judeus que fugiram da cidade de Jerusalém, durante o cerco romano no ano 70, segundo o historiador Flávio Josefo.
Em algumas zonas, o túnel chega a atingir os três metros de altura. Numa estrutura definida por pedras bem alinhadas. No canal subterrâneo foram descobertas moedas e fragmentos de vasos da época romana. A parte norte do canal ainda está por explorar.


(10 Set 2007). Sic on line: http://sic.sapo.pt/online/noticias/vida/Achado+historico.htm?WBCMODE=p

Autoria e outros dados (tags, etc)

por noticiasdearqueologia às 22:18


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Setembro 2007

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30