Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

NOTÍCIAS DE ARQUEOLOGIA

O Património é um bem comum... Preservá-lo só depende de cada um de nós...



Domingo, 22.11.09

Descoberta de exército persa envolta em polémica



Descoberta de exército persa envolta em polémica






Italianos dizem ter encontrado tropas de Cambises II, sepultadas no deserto do Sara há 25 séculos. Egipto diz que o achado é falso


O anúncio da descoberta de um exército composto por 50 mil homens que foram engolidos vivos por uma tempestade de areia, no deserto do Sara do Egipto, há 25 séculos, está a gerar polémica. De um lado, os arqueólogos italianos anunciaram que encontraram pontas de flecha, braceletes e pendentes que pertenceriam ao exército do rei persa Cambises II. Mas Zahi Hawass, chefe da arqueologia egípcia, qualificou esta descoberta de "infundada e enganosa", acrescentando que os italianos não tinham tido permissão para escavar.


Os indícios são poucos e questionáveis e a descoberta dos objectos persas - se for realmente este o caso - não prova por si só que tenham pertencido ao exército perdido: os persas dominaram o Egipto durante mais de século, realizando diversas expedições até à zona onde foram encontradas as peças.


Mas os irmãos Angelo e Alfredo Cartiglioni, que lideram a expedição, argumentam com o facto de estas peças terem sido descobertas num refúgio natural na rota indicada pelo historiador Heródoto, que o exército teria seguido: partiram de Tebas pelos oásis em direcção ao Norte. Depois viraram para Oeste, para surpreender os Amónios, até à meseta de Gilf Kebir, onde teriam sido enterrados por uma tempestade de areia.


Os arqueólogos juntam a isto o facto de também terem encontrado restos de barcos que foram datados por termoluminescência como originários do ano 500 a.C. Além disso, depois de ouvirem antigas histórias beduínas, terão descoberto um "vale de ossos" repleto de esqueletos branqueados pelo Sol, entre os quais acharam pontas de flecha e restos de cavalos.


Para os egípcios, os ossos podem ser atribuídos a um tragédia recente, como a repressão italiana dos senousi nos anos 30, que fez com que populações inteiras tivessem morrido de sede depois de terem sido empurradas para o deserto. Isso sem contar com a experiência que as tropas de Cambises teriam ao atravessar desertos.




Autoria e outros dados (tags, etc)

por noticiasdearqueologia às 17:20



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Novembro 2009

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930





Arqueo logos