Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

NOTÍCIAS DE ARQUEOLOGIA

O Património é um bem comum... Preservá-lo só depende de cada um de nós...



Terça-feira, 14.08.07

Múmias com três mil anos, em Saqqara (Egipto)


Abdel Rahman, Epa
Os egípcios antigos davam forma humana às urnas funerárias, acreditando na vida depois da morte
Os egípcios antigos davam forma humana às urnas funerárias, acreditando na vida depois da morte

As múmias de um sacerdote e da sua namorada foram encontradas esta terça-feira num sarcófago com mais de três mil anos, recuperado perto da mais antiga das pirâmides egípcias, sita na localidade de Saqqara.
O sarcófago, pintado de cor-de-laranja e azul, tem a forma de uma pessoa, pois os antigos egípcios acreditavam que os caixões serviam de corpo aos mortos na outra vida. Satisfeitos com o achado, os arqueólogos acham, porém, que o melhor ainda está para vir. Apesar de as explorações no Egipto terem começado há mais de 150 anos, os especialistas acreditam que só 30 por cento do que existe em Saqqara foi descoberto até ao momento.
“Estas areias guardam muitos segredos”, repete, a cada nova descoberta, Zahi Hawass, responsável máximo pelas antiguidades egípcias. E, efectivamente, só na zona de Saqqara existem mais de 90 pirâmides e, normalmente, todas as escavações acabam por ser recompensadas com uma nova descoberta.
Esta não foi excepção e os trabalhos – a cargo de uma equipa de japoneses – revelaram não só o sarcófago com as urnas do sacerdote e a sua namorada como também um outro túmulo de taipa no qual se descobriram os restos mortais de um escriba real e da sua mulher. “Não se encontra em muito bom estado, porque a taipa não é um material muito resistente, mas não deixa de ser um achado relevante, que permite enriquecer o nosso conhecimento sobre as pessoas de quem se rodeava a realeza de há três e quatro mil anos”, explica Hawass.
O túmulo tinha uma porta de madeira ricamente decorada: aí podem ainda ver-se partes de um texto em hieróglifos e desenhos que pretendem representar o escriba e a sua mulher. Os túmulos dos egípcios antigos tinham sempre portas, pois eles acreditavam que os mortos se levantavam e saíam por elas...


Dina Gusmão (22 Fev 2007). Correio da Manhã.


http://www.correiomanha.pt/noticia.asp?id=231991&idselect=13&idCanal=13&p=200


Autoria e outros dados (tags, etc)

por noticiasdearqueologia às 08:14



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Agosto 2007

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031