Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

NOTÍCIAS DE ARQUEOLOGIA

O Património é um bem comum... Preservá-lo só depende de cada um de nós...



Quarta-feira, 11.03.09

Igespar garante que as obras para o novo Museu dos Coches não afectam património

Entrada de maquinaria pesada indignou funcionários dos serviços de

Arqueologia que se encontravam nas instalações da Avenida da Índia.


As obras que se iniciaram este fim-de-semana no local onde será

construído o novo Museu dos Coches, em Lisboa, não representam

qualquer risco nem para os funcionários nem para o património ligado à

arqueologia que ali se encontra, garantiu ontem ao PÚBLICO o director

do Igespar (Instituto de Gestão do Património Arquitectónico e

Arqueológico), Elísio Summavielle.

O que se está a passar neste momento é apenas "desmontagem de

armazéns, de prateleiras e recolha de entulho" numa zona que não

afecta os serviços que ali funcionam, afirma Summavielle. A

transferência destes serviços deverá acontecer nos próximos cinco

meses, enquanto decorrer a empreitada de demolição, e "os bulldozers

só entrarão quando já não estiver lá ninguém".

A garantia surgiu depois de, de manhã, os funcionários dos Serviços de

Arqueologia do Igespar que trabalham nas antigas Oficinas Gerais de

Material do Exército, na Avenida da Índia, terem manifestado a sua

indignação, alertando para os riscos provocados pela entrada de

camiões e maquinaria pesada.

"Não há condições para continuarmos a trabalhar", dizia uma das

arqueólogas no local. "Iniciaram-se os trabalhos e há grandes camiões

e máquinas que podem prejudicar o património aqui guardado, sobretudo

o da arqueologia subaquática".

Numa nota de imprensa em que lembravam que "o impasse [sobre o destino

dos serviços que estão nestas instalações] dura há cerca de um ano",

os funcionários denunciavam "o claro conflito de interesses" entre os

Ministérios da Defesa, da Economia e da Cultura.

A transferência dos serviços de Arqueologia - parte dos quais deverão

ir para o Palácio da Ajuda, e outra parte para o edifício da

Cordoaria, também na Avenida da Índia - é da responsabilidade do

Ministério da Cultura. No entanto, a construção do novo Museu dos

Coches, um projecto do arquitecto brasileiro Paulo Mendes da Rocha,

foi lançado pelo Ministério da Economia.

Elísio Summavielle explicou que parte dos serviços de Arqueologia que

se encontram na Avenida da Índia - entre os quais a biblioteca - serão

nos próximos meses transferidos para o torreão ocidental do edifício

da Cordoaria Nacional, na mesma avenida. Por seu lado, o Arquivo da

Arqueologia Portuguesa irá para o Palácio da Ajuda. Os serviços de

arqueologia aquática e subaquática serão divididos entre a Cordoaria e

o Museu da Marinha.

Quanto à eventual transferência do Museu Nacional de Arqueologia dos

Jerónimos para a Cordoaria, Summavielle diz que é "uma questão

independente desta".

Fonte: Alexandra Prado Coelho (10 Mar 2009). Público.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por noticiasdearqueologia às 23:44


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Março 2009

D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031