Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

NOTÍCIAS DE ARQUEOLOGIA

O Património é um bem comum... Preservá-lo só depende de cada um de nós...



Domingo, 17.08.08

BRAGA: Necrópole romana com urna funerária em pedra

 As escavações realizadas pela Universidade do Minho numa necrópole romana, no centro de Braga, levaram à descoberta de uma urna de pedra em forma de ovo, uma peça inédita em Portugal, revelou hoje fonte universitária.

Manuela Martins da Unidade de Arqueologia da Universidade do Minho, adiantou que durante os trabalhos foram, ainda, encontradas 17 urnas funerárias, e seis esqueletos, alguns em grande estado de decomposição.



"É a primeira vez que aparecem esqueletos completos nas escavações da antiga cidade romana a Brácara Augusta", salientou.


A responsável falava em conferência de imprensa, no Museu Nogueira da Silva, para apresentar os resultados dos trabalhos arqueológicos que vêm sendo realizados no antigo edifício dos CTT na Avenida da Liberdade.


Na conferência participaram o arqueólogo Luís Fontes, responsável pela equipa de escavação, e o gestor Domingos Sousa Coutinho, da empresa Javer Imobiliária, do grupo Regoja, que vai construir um centro comercial e uma unidade hoteleira no edifício.


Manuela Martins adiantou que as urnas - contendo cinzas - e os esqueletos pertencem a dois períodos distintos, do século primeiro ao terceiro, e do quarto ao sexto, revelando a existência de dois rituais distintos, por inumação ou incineração.


A especialista revelou que no local foram, também, encontrados vestigios da chamada via 17 do Itinerário Antonino, que partia de Braga (Bracara Augusta), rumo a Astorga (Asturica Augusta), na Galiza e que atravessa a serra do Gerês.


Garantiu que todos os vestígios e objectos encontrados no local forma registados e enviados para o Museu Regional de Arqueologia D. Diogo de Sousa, em Braga, onde serão estudados nos próximos anos.


Manuela Martins frisou que o contrato existente entre a Unidade de Arqueologia e o grupo Regoja foi prolongado por seis meses, para prosseguir as escavações.


"Durarão o tempo necessário", acrescentou o arqueólogo Luís Fontes.


Sousa Coutinho assegurou que a obra de construção do centro comercial apenas avançará com a escavação concluída, adiantando que espera abrir a primeira fase do centro em Outubro de 2009 e a segunda, que inclui estacionamento subterrâneo, em 2010.



Fonte: (01 Ago 2008). LUSA - Agência de Notícias de Portugal, S.A.

Autoria e outros dados (tags, etc)

por noticiasdearqueologia às 09:32


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Pesquisar no Blog  

calendário

Agosto 2008

D S T Q Q S S
12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31